(via fernandaflorentino)



(Source: derekisme, via fernandaflorentino)


(Source: thetitsmagee, via fernandaflorentino)


(via fernandaflorentino)


A gente sempre deixa de cuidar do que já tem na mão.
Dia desses, eu tentei te esquecer de vez. Juro. Mas aí percebi que matar você em mim é o mesmo que morrer e continuar vivendo, sabe? Passaria o resto dos meus dias como um zumbi recheado de dor e entalado de lembranças do que nunca viveu. Então, não morra não. Não antes de eu dizer que te amo. Não antes de você dizer isso para mim, também. Ou que vai pensar no meu caso. Ou que vai me levar contigo. Ou que ficará aqui comigo. Sei lá. Não se vá – nem para o céu, nem para a Nova Guiné – sem me dar mais uns minutos de esperança, uns carinhos no queixo e um descanso em teu ombro.
Vou ficar legal. E você vai sentir minha falta.

(Source: sinsgood, via wherelightis)


(via wherelightis)


(Source: olheosmuros, via wherelightis)